quinta-feira, 21 de agosto de 2008

CARTA PARA UM JOVEM POETA.


Márcio...
Obrigada por tão nobre gesto... Confesso que seu cartão e o cuidado que você teve comigo me emocionou e me senti lisonjeada por ter recebido uma lembrança carregada de tanto sentimento...
Senti um certo ar de despedida... Quem sabe não é?! Mas, através desse e-mail deixo registrado meu desejo de te ver bem e cercado de pessoas cheias de defeitos, porque ninguém é perfeito, mas, honestas e sinceras... Aqui ou em São Paulo, ou talvez em um lugar onde eu nem possa imaginar existe um lugar só seu e que ninguém pode tirar, alcança-lo ou não depende de você e força para isso você sempre demonstrou...
E mesmo quando eu for rica e famosa (eheheh) vou me lembrar do garoto que gostava de vestir preto, atraia os olhares das pessoas, falava de um modo diferente, estava sempre alerta mas, que nunca deixou de ser leal àqueles que gostou!
Obrigada por todas as lições que ciente delas ou não você me passou...
Beijo!
*"carta" de uma nobre colega....

Nenhum comentário: