sábado, 18 de outubro de 2014

MESMO ENTRE TRAIÇÕES E GUITARRAS, CONSEGUI ENCONTRAR A FLOR!

PARA SER LIDO AO SOM DE KEANE - "SOMEWHERE ONLY WE KNOW
PARA TRUMAN CAPOTE...
CARO DIÁRIO
A GESTAÇÃO DÓI, POIS PRECISO DE ALGUNS MINUTOS COMO HUMANO: OS VERMES QUE SERPENTEIAM PASMADOS NUM ROTEIRO EM QUE NÃO SOU A BELA, MAS A MULHER DO BANDIDO DA LUZ VERMELHA!
CABE O VERSO DESTROÇADO NO ESPESSO LABIRINTO DE QUEM SABE E ACEITA, INTERINO NO PRANTO E IMPASSIVO NO PENSAR. CONTUDO LIVRE E SÓ NA BUSCA DO TEMPO MAIOR.
AS DROGARIAS ME FAZEM VIAJAR EM FLORES, CÉUS E CAMPOS COM DEZ OU QUINZE MILIGRAMAS DE PENSAMENTOS BUCÓLICOS EM RECANTOS DE INFÂNCIAS.
ATRASADO NA FORMA QUE ME SAI FRIA EM GELO E SAL. POR FAVOR, NÃO ESPERE DOÇURAS DE MEU CANTO, POIS TAMBÉM NÃO ESPERO MEL DE NINGUÉM MAIS E O SABOR DO ADOÇANTE NÃO É TÃO RUIM ASSIM.
NO ENTANTO, HOUVE UM TEMPO EM QUE CANTAVA NOS TEARES LÍRICOS DE MEU PEITO.
MAS ME SOLICITARAM SILÊNCIOS, E MESMO NO ESCURO QUARTO ENCONTRAVA AQUELES CANTARES E MESMO ENTRE TRAIÇÕES E GUITARRAS, CONSEGUI ASSIM ENCONTRAR A FLOR.

Nenhum comentário: