domingo, 1 de janeiro de 2017

UM SIMPLES ATO DE CARIDADE CRIA UMA ONDA SEM FIM.



*IMAGEM: STRANGER THINGS - WINONA RYDER
TEMOS MUITO EMPATIA COMO ESPÉCIE, MAS TEMOS MUITA VONTADE DE MATAR UNS AOS OUTROS.
NOS ÚLTIMOS DIAS, PASSEI A DIZER O QUE QUERIA E QUANDO QUERIA. NÃO ESTAVA NEM AI. AS PESSOAS NÃO GOSTAM DISSO. É INCRÍVEL COMO VAI TUDO POR ÁGUA ABAIXO TÃO RÁPIDO, QUANDO SE AGE ASSIM (MESMO QUANDO É VOCÊ QUE LEVA OS CHÁS, OS BONS DRINKS E OS CAFÉS).
FOI MUITO BOM ME LIVRAR DAQUELES FILHOS DA PUTA CHEIOS DOS JARGÕES DE ALTERIDADES, FOI COMO SE TIVESSE TIRADO OS MALDITOS SAPATOS APERTADOS E COERCITIVOS.
ESSA PORRA DE MUNDO FUNCIONA ASSIM, NÃO VALORIZANDO O QUE É REAL, POIS FICAMOS PRESOS AOS SORRISOS ALHEIOS EM 3D. É VIVER PELA METADE, NÃO É DE VERDADE.
NINGUÉM É FELIZ ASSIM, NEM UM BEBÊ COM UM BALÃO NÃO É FELIZ ASSIM.
SINTO O GOSTO DO SORRISO, MAS É COMO UMA LEMBRANÇA,
(TRECHOS EXTRAIDOS DE SINATRA, BULLYING E INCONFIDÊNCIAS, 2017/1018)
#STRANGERTHINGS #BULLYING #INCONTINÊNCIA #SIGMA 

Nenhum comentário: